Home Governo de Portugal DGPC Home UNESCO
English Version

Mosteiro dos Jerónimos

Perto do local onde o Infante D. Henrique, em meados do séc. XV, mandou edificar uma igreja sobre a invocação de Sta. Maria de Belém, quis o rei D. Manuel I construir um grande Mosteiro. Para perpetuar a memória do Infante, pela sua grande devoção a Nossa Senhora e crença em S. Jerónimo, D. Manuel I decidiu fundar em 1496, o Mosteiro de Sta. Maria de Belém, perto da cidade de Lisboa, junto ao rio Tejo. Doado aos monges da Ordem de S. Jerónimo, é hoje vulgarmente conhecido por Mosteiro dos Jerónimos.

O Mosteiro é um referente cultural que não escapou nem aos artistas, cronistas ou viajantes durante os seus cinco séculos de existência. Foi acolhimento e sepultura de reis, mais tarde de poetas. Hoje é admirado por cada um de nós, não apenas como uma notável peça de arquitectura mas como parte integrante da nossa cultura e identidade.

O Mosteiro dos Jerónimos foi declarado Monumento Nacional em 1907 e, em 1983, a UNESCO classificou-o como "Património Cultural de toda a Humanidade".

Portal Sul

(...)
Clique aqui para ver +

Portal Principal

(...)
Clique aqui para ver +

Igreja Sta. Maria Belém

(...)
Clique aqui para ver +

Capela-mor

(...)
Clique aqui para ver +

Claustro

(...)
Clique aqui para ver +

Refeitório

(...)
Clique aqui para ver +

Sala do Capítulo

(...)
Clique aqui para ver +

Sacristia

(...)
Clique aqui para ver +

Confessionários

(...)
Clique aqui para ver +

Coro-alto

(...)
Clique aqui para ver +

Livraria

(...)
Clique aqui para ver +

rss